domingo, 29 de novembro de 2015

Jacob


Como se sabe, Jacob é um nome bíblico com origem no hebraico Ya'aqov, que significa aquele que sucede, e que deu origem a tantos outros nomes masculinos que hoje conhecemos e são muito populares entre nós como Iago, Tiago, Santiago, Diogo, Diego, James, entre outros.

Na Bíblia, Jacob é filho de Isaac e Rebeca e, para se afastar do seu irmão gémeo, fugiu para a Mesopotâmia, onde se casou com as duas filhas de Labão: Lia e Raquel. E aqui não posso deixar de citar o soneto de Camões (Sete anos de pastor Jacob servia), um verdadeiro hino à espera, à entrega e ao amor, que enaltece o carácter firme desta personagem bíblica e me faz gostar ainda mais do nome. Jacob como um nome romântico! Será que o podemos ver através desta lente?

Jacob é um nome forte, marcante e internacional, reconhecido em praticamente qualquer ponto do planeta, o que é uma mais-valia se está a considerar o nome. No entanto, as opiniões dividem-se quanto à sua pronúncia no português: dir-se-á Ja-có-be, acentuando o b, ou dir-se-á Ja-có, não lendo o b? Esta divergência pode não ser fácil de resolver no dia-a-dia, podendo haver várias pessoas a chamar a criança de várias formas diferentes, o que lhe pode provocar algum desagrado. À partida ninguém o chamará conforme a pronúncia estrangeira, a não ser, claro, que esteja fora das nossas fronteiras… mas pode decidir pronunciar o b e depois mais ninguém o segue nesta tendência e gera-se alguma confusão.

Pessoalmente, quando o digo não pronuncio o “b” e, pela lógica, poderia preferir a grafia Jacó, que também é aceite em Portugal e não deixa margens para dúvidas quanto à forma de dizer o nome. No entanto, para mim Jacob é a grafia mais elegante, até porque lhe dá aquele toque de clássico e antigo que eu tanto aprecio num nome. Continuo a achá-lo atual e acredito que seja perfeitamente adequado a um menino que nasça nos nossos dias. Escusado será dizer que ficaria feliz com um maior uso deste clássico nos nossos países, gosto verdadeiramente de ver gente com nomes bonitos!

Como referências destaco o pintor italiano Jacob Tintoreto, o famoso escritor de contos de fadas, Jacob Grimm e, mais recentemente, o ator norte-americano Jacob “Jake” Gyllenhaal.

Joana Recharte.

Que acham de Jacob, tem potencial para se tornar uma opção dos futuros pais?

4 comentários:

  1. Acho giro :) Lembra-me uma série de desenhos animados que via quando era pequena, Jacob Dois Dois. Excusado será dizer que adorava :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amava essa série. No Brasil se chamava Jacó dois dois

      Eliminar
  2. Acho um nome simpático, mas prefiro na grafia Jacó. Jacob eu leio sempre como "djeicobi".

    ResponderEliminar
  3. Gosto muito de Jacob, acho tão bonito quanto a grafia Jacó.

    ResponderEliminar